CONTATOS

Graças a Deus a minha felicidade não depende da tristeza alheia. Não preciso destruir a vida de ninguém para construir a minha.

FÓRUM

FÓRUM

terça-feira, 25 de abril de 2017

Está aberto o 3º Fórum Pró-Desenvolvimento de Santiago

Foi aberto oficialmente na noite desta segunda-feira, dia 24, o 3º Fórum Pró-Desenvolvimento de Santiago desenvolvido pela Secretaria Municipal de Gestão no CTG Coxilha de Ronda.

Na presença do Prefeito Tiago Gorski e vice-prefeito Cláudio Cardoso, prefeitos e vice da região, entre outras autoridades civis e militares a Secretaria de Gestão deu início aos trabalhos de discussão do futuro do Município, o qual deverá reúne diversos segmentos sociais para debater temas relacionados as mais diversas áreas da Administração Municipal, aberto para toda a comunidade.

Na abertura, além dos pronunciamentos do Prefeito Tiago e do Secretário de Gestão, Éldrio Machado, aconteceu as palestras com o ex-prefeito Julio Ruivo tendo como tema: Construindo Cidades que Educam e finalizando com o Presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Sr. Paulo Ziulcoski, com o tema: Desafios e Tendências Municipais.

O resultado do Fórum servirá como base para elaboração do Plano Pluri Anual - 2018-2021.

Os debates prosseguem até quarta-feira, com a seguinte programação - CLIQUE AQUI.

Algumas imagens da abertura e das palestras:

Apresentação do coral da Escola Criança Feliz

Autoridades e público presente

Bom público marcou presença na abertura

Secretário Éldrio Machado abrindo o evento



Prefeito Tiago Gorski em sua fala




Apresentação da EMEI Mary Lopes Peixoto

Prefeito Tiago participa da apresentação

Ainda, as crianças da EMEI durante apresentação

Ex-Prefeito Julio Ruivo em sua palestra



Palestra: Construindo Cidades que Educam

Secretário entrega um mimo ao ex-prefeito Julio Ruivo

A participação do Sr. Paulo Ziulcoski da CNM


A palestra do presidente da CNM encerrou a primeira noite do Fórum

terça-feira, 11 de abril de 2017

3º Fórum Pró-Desenvolvimento: comunidade dirá o que quer nos próximos 4 anos


Está com data marcada e local a realização do 3º Fórum Pró-Desenvolvimento de Santiago. Será nos dias 25 e 26 de abril, no CTG Coxilha de Ronda. O evento está sendo organizado pela Secretaria de Gestão e vai reunir todas as demais com o propósito de fazer um amplo debate com a sociedade. Todos os segmentos são convidados: associações de bairros, escolas, sindicatos, universidades, hospitais e comunidade em geral. O propósito do Fórum é de debater as metas do Plano de Governo Municipal, adequando às necessidades que a população entender como prioritárias, a partir das discussões. Tudo servirá para a elaboração do Plano Plurianual, que determinará o rumo dos investimentos pelos próximos 4 anos.
Fonte: PM Santiago.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Prefeitura de Santiago repassa ambulância para a Samu

Momento da entrega. Foto: Facebook Tiago Gorski.
Foi entregue hoje pelo prefeito Municipal, Tiago Gorski, uma nova ambulância da Samu à direção do Hospital de Caridade. O veículo foi repassado pelo Ministério da Saúde em janeiro, num evento com a presença do presidente Michel Temer, que distribuiu ambulâncias para 60 municípios. O novo veículo vai substituir a que estava em uso há mais de cinco anos. Foi emplacada, está com o seguro valendo e pronta para receber os equipamentos e ser colocada em uso.
Em Santiago, o Hospital de Caridade é que gerencia o Samu, por meio de um convênio com o Estado.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Bacharelado em Teologia inicia as aulas amanhã em Santiago

Primeira turma esteve reunida ontem.
Terá início a partir de amanhã, dia 23, em Santiago as aulas do primeiro curso de Bacharelado em Teologia, reconhecido pelo MEC.

O Curso de Ensino à Distância é oferecido pelo Centro Universitário Filadélfia - UniFil e chegou à Santiago através da Igreja Missionária Cristo Está Voltando liderado pelo Pastor Claudio Cardoso e pela Missionária Marta Pimentel, sua esposa, sendo a realização de um sonho de ambos e demais membros da IMCEV. 

A primeira turma já está formada e pronta para o início das aulas, as pessoas interessadas devem entrar em contato com a Igreja. 

Aulas iniciam amanhã.

segunda-feira, 20 de março de 2017

A força da agricultura familiar em Santiago

Hoje são quase 100 famílias que estão vivendo da produção e venda de hortifrúti e outros produtos

Força em família. Foto: Ieda Beltrão
A participação da agricultura familiar nas feiras de hortifrutigranjeiros em Santiago está cada vez mais consolidada.

 Conforme último levantamento divulgado pelo titular da secretaria da Agricultura, Ademar Canterle, no horto mercado, são 44 feirantes; na feira da Vila Nova (18), no Ginasião (16) e na Praça Moises Viana (3) feirantes.

Isso representa quase 100 famílias que estão vivendo da produção e venda de hortifrúti e outros produtos. Canterle destaca o trabalho diário e árduo para manter a produção que possibilita à população produtos de segunda a sábado.

O secretário comentou ainda sobre a lista de espera por vagas em uma das feiras, e que os interessados devem fazer a inscrição junto ao protocolo da Prefeitura. Todos os inscritos são visitados em suas propriedades para verificar a real capacidade de produção, estrutura e conhecimento.

Técnicos da Secretaria da Agricultura e a Emater dão acompanhamento aos produtores no sentido de orientar e garantir a qualidade dos produtos que estão sendo vendidos, assim como reuniões periódicas para discutir outras questões como, uniforme e protetor de cabelo, por exemplo, mantendo sempre a boa apresentação dos feirantes.

FONTE: Rádio Santiago.
.

terça-feira, 14 de março de 2017

Santiago é tida como exemplo para a Prefeitura de Rosário do Sul


Na edição desta terça, 14, o jornal Gazeta de Rosário traz uma reportagem intitulada "Prefeitura de Rosário do Sul quer usar Santiago como exemplo". A matéria revela que na última semana o ex-prefeito Júlio Ruivo esteve em Rosário do Sul dando uma palestra sobre modelo de gestão implantado em sua cidade, o que fez que ela figurasse em 1º na faixa dos 50 mil habitantes com melhor qualidade de vida, conforme publicação da revista Istoé de agosto de 2015. Para a prefeita rosariense Zilane Rossignollo, é preciso seguir bons exemplos e fazer uma gestão baseada em planejamento estratégico com foco no futuro e qualificação dos agentes públicos. "Quando o ex-prefeito Ruivo implantou sua forma de trabalho não pensou apenas no seu governo, mas sim, no futuro do município e isso deu resultados excelentes", ela considera. Tanto é que Santiago já recebeu 11 prêmios como reconhecimento.
Fonte: Prefeitura de Santiago. 

domingo, 12 de março de 2017

Abertura das comemorações de 25 anos da URI


Dia 14, tem show no câmpus da URI de abertura do semestre letivo e de abertura das festividades dos 25 anos da instituição. Quem vai ser responsável por animar o pessoal é a banda santiaguense, Proletários. O evento está marcado para as 20h30min, e será no estacionamento em frente ao prédio 1.
A banda surgiu nos primeiros meses de 2011, quando Vagner Cogo e Bruno Bunagi se conheceram por intermédio do curso de Psicologia da URI Santiago e começaram a trocar ideias a respeito de “tirar um som” sem maiores compromissos. Juntou-se a eles, a convite de Bruno, o seu antigo parceiro de banda, Rafael Sorriso. Os primeiros shows, ocorreram no salão do Sindicato dos Servidores Municipais de Santiago, local que ficou conhecido informalmente como “garagem do rock”. 
Nesses quase seis anos de atividades, a Proletários conquistou amigos e admiradores e vivenciou momentos inesquecíveis, tais quais como a conquista do troféu Caio Fernando Abreu em 2012 por ser o destaque cultural daquele ano e também as três edições em que realizou o Tributo à Legião Urbana. Atualmente, integram a Proletários Vagner Cogo (vocal, guitarra base e violão), Bruno Bunagi (bateria), Rafael Sorriso (baixo) e Raul Alves (guitarra solo).
O repertório da banda constitui-se de clássicos e hits do rock gaúcho, nacional e internacional que marcaram gerações, bem como composições próprias que farão parte do futuro cd da banda, o qual se encontra em fase de produção. Influenciada pelos textos de Caio Fernando Abreu, Clarice Lispector, Freud, Nietzsche, dentre outros, a Proletários busca descristalizar conceitos através de canções politizadas que retratam a história e os movimentos sociais do nosso país.

O que: Show com Proletários (abertura do semestre e das comemorações de 25 anos da URI)
Quando: 14/03, às 20h30min
Local: Estacionamento em frente ao prédio 1 - URI Câmpus Santiago

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Estação Folia 2017: diversão e solidariedade

Estação Folia começa hoje na Estação do Conhecimento
Depois de uma semana em que Santiago enfrentou chuva e vento, o clima demonstra que vai dar uma trégua. E nesta quinta, dia 23, começa a Estação Folia 2017, o Carnaval Popular da Terra dos Poetas. O evento se consagra a cada ano por seu caráter familiar, com uma grande estrutura de segurança, no largo da Estação do Conhecimento. A novidade é o caráter social que este Carnaval terá, com o estímulo à solidaridade. A festa inicia às 23h.
Solidariedade
As pessoas podem doar um quilo de alimento não-perecível ou material escolar. Se cada folião contribuir, imagine o quanto se conseguirá para repassar às famílias carentes? Desta maneira, o Carnaval cumpre o seu papel social de divertir, mas também de ajudar a quem precisa.
Animação
Com mais de 20 anos de carreira, a banda Via Brasil, de Pelotas, vai animar as cinco noites do Carnaval e mais a matinê para as crianças no domingo. O grupo já esteve em Santiago em 2015 e vem com muita energia para festejar junto com os santiaguenses.
Corte carnavalesca e organizadores
Neste ano se repete a mesma corte que animou com sua alegria o Carnaval do ano passado. O Rei Momo João Ramos segue o seu reinado familiar, tendo as filhas Raquel, como rainha infantil e Verônica, como rainha adulta. Da mesma maneira, Nilson Fontela mantém orgulhosamente a faixa e o samba no pé como Rainha da Diversidade. Sua atuação no ano anterior recebeu inúmeros elogios. Já a comissão organizadora é formada por Denilson Cortes, Dinarte Colpo, Éldrio Machado, Jones Diniz, Mara Rebelo, Rodrigo Neres e Sonaira Canterle (presidente do Conselho de Turismo).
Infraestrutura
O Carnaval de Santiago se destaca por sua organização que é planejada em todos os detalhes. A infraestrutura inclui:
  • - Palco, som e iluminação de ótima qualidade e padrão de eventos populares;
  • - Banheiros químicos (masculinos, femininos e com acessibilidade) 
  • - Policiamento da Brigada Militar, (destaque para a participação da Brigada Militar no processo de segurança e planejamento do Evento)
  • - Polícia Montada e grupo de motos para suporte e policiamento das ruas de acesso à Estação e proteção para os veículos estacionados;
  • - Segurança Particular Qualificada e em sintonia com a Brigada Militar;
  • - Isolamento do Largo, apenas dois locais de acesso que são pelas ruas Barão do Ladário e Eudócio Pozo, com revista da Brigada Militar.
  • - Presença permanente de ambulância com motorista e técnico de enfermagem - Profissionais da Secretaria Municipal da Saúde.
FONTE: PM Santiago. 

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Um dia histórico para o HCS

Direção do HCS, médicos, formandos... ontem foi um grande dia.
Foto: facebook Ruderson.
A última sexta-feira tornou-se um dia histórico para o Hospital de Caridade de Santiago e para a nossa região, o Vale do Jaguari. Foi realizada a formatura da primeira Turma de Residência do HCS em Cirurgia e Clínica Médica.

É um marco histórico e que precisa ser destacado e comemorado, pois além de sermos exemplo em gestão e profissionalismo, nosso HCS também forma bons médicos. 

Meus cumprimentos ao talentoso Ruderson, seu Sagrilo, Dra. Sônia, Dr. Leonardo, Dr. Heron, Dr. Rafael, enfim, todos os profissionais do HCS que se envolveram e é claro aos formandos. Sucesso e êxito a todos !

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Volta às aulas URI Santiago

Na manhã de quarta-feira (08), a diretora acadêmica do câmpus, professora Michele Noal Beltrão, e o diretor administrativo, professor Jorge Padilha dos Santos, junto do Núcleo de Comunicação, reuniram-se com veteranos para programar a volta às aulas. Foi lançada aos mesmos a ideia “Atitude do Bem”, a qual foca em uma ação simples no bairro, no trabalho, na rua onde mora, em alguma entidade, enfim, é uma maneira de valorizar pequenos gestos que podem melhorar a vida de alguém. 
Também, a professora Michele falou sobre a proibição ao trote, pois, a PORTARIA 774, de fevereiro de 2008, trata sobre o trote na Universidade e presta orientação quanto à recepção dos calouros. 
Aulas câmpus: começam dia 20 de fevereiro, nos seguintes horários: manhã (8h30min às 12h), tarde (13h30min às 17h) e noite (19h às 22h40min). A formação continuada aos professores, visando a atualização, troca de experiências e integração, ocorre dias 16 e 17 de fevereiro. O término do semestre será em oito de julho. Período de exames: 10 a 15 de julho.  O prazo para trancamento de matrícula, cancelamento e/ou inclusão de disciplinas é 10 de março. 
Aulas escola: as aulas começam dia 15, com recepção aos alunos e pais. Antes (dias 13 e 14) é a formação continuada dos professores da escola. 
Horário: dia 15 (quarta), o horário ainda será das 8h às 14h; dias 16 e 17, expediente manhã e tarde e a partir do dia 20, expediente manhã, tarde e noite.  
25 anos URI: em 2017, a Universidade comemora seu Jubileu de Prata. Diante disso, todas as unidades estão programando atividades. Em março, a URI Santiago abrirá as festividades do aniversário junto à comunidade acadêmica. Aguarde a programação! 

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

25 anos URI: Em Santiago, uma Universidade Comunitária que mudou o município


Neste mês de janeiro, a URI Santiago estreia uma série de reportagens dentro dos 25 anos da URI, a qual possui seis unidades no Estado. Nestas matérias, serão abordados assuntos que, na rotina, passam despercebidos. A primeira matéria fala sobre universidade comunitária
Se você ouvir por aí que Santiago tem uma faculdade, saiba que é muito mais que isso. Santiago tem sim uma Universidade. E o melhor: comunitária. Ao olhar no dicionário, veremos que comunitária é aquilo que é vivido em comunidade, em bairro, em capelas, ou seja, vivido com o povo e a comunidade. 
As universidades comunitárias gaúchas caracterizam-se pelo  funcionamento e organização baseados nos princípios da gestão democrática; não buscam o lucro; procuram atender ao interesse público; prestam contas à sociedade e ao poder público; a comunidade está representada e participa na gestão da universidade; existe transparência administrativa financeira, além do compromisso com o desenvolvimento regional. 
Bem, basta ler a missão da URI para entender tudo que foi dito acima: a instituição busca formar pessoal ético e competente, inserido na comunidade regional. Como visão, a URI busca ser reconhecida como Universidade de referência, que prima pela qualidadeação solidária, inovação integração com a comunidade. 
Base qualificada- As universidades comunitárias devem contribuir para o desenvolvimento do país através da oferta de educação de qualidade.  Para a diretora acadêmica do câmpus, professora Michele Noal Beltrão, a qualidade do ensino da URI Santiago nos seus diferentes níveis acontece como uma consequência por ter uma base qualificada de docentes, técnicos e representações discentes “que a partir de múltiplos e interdisciplinares olhares consegue ter legitimidade, pontualidade e inovação em suas análises e tomadas de atitudes a fim de atender a missão da instituição”.  
Michele explicou que o trabalho na IES é de equipe, ou seja, existem diferentes grupos dispostos a dialogar de forma articulada sobre o presente e futuro da universidade. A URI Santiago conta com Núcleos Docentes Estruturantes, colegiados de cursos, de área e de departamento, Conselho de Câmpus, Câmaras de Ensino, de Pesquisa, de Extensão e Pós-Graduação, além do Conselho Universitário. “Destacamos que essas são instâncias originadas via estatuto e regimento da instituição, mas além dessas foi criada na nossa unidade mais uma, o Conselho Gestor”. Os projetos pedagógicos de cursos, os projetos de pesquisa e de extensão levam em conta as necessidades dos futuros egressos. 
A URI é de todos nós- Quem é o dono da URI? Você já se perguntou? A URI não tem dono. “Não há distribuição de lucros”, explica o diretor geral, professor Francisco Assis Gorski. Ela é uma instituição de direito privado não estatal (as pessoas jurídicas de direito privado são instituídas por iniciativa de particulares), “tendo como referência o futuro que se deseja construir, o tipo de formação que deve oferecer”, disse Chico, como é conhecido por todos. 
“Parceira inestimável na construção de uma Santiago melhor”, disse o prefeito de Santiago, Tiago Gorski Lacerda, o qual comentou o quanto é notável a contribuição da URI com o crescimento do município. Além do ensino, Gorski destaca os tantos projetos de inserção social que a Universidade possui, sendo também uma importante empregadora. “Desta forma, a URI também ajuda muito a movimentar o nosso comércio e existe claramente uma divisão do que era Santiago antes da URI e o que se tornou depois”, afirmou. 
Segundo o professor Jorge Padilha, diretor administrativo do câmpus, o orçamento anual da universidade passa de R$ 40 milhões. Estes são canalizados no ensino, pesquisa e extensão, onde, por exemplo, R$ 37 milhões são investidos no ensino.  
A palavra do reitor- “Hoje, através de um ensino qualificado, da pesquisa que a cada ano cresce  e se consolida, e principalmente através da extensão, tem  efetiva participação em ações que buscam principalmente o desenvolvimento humano.  O resultado positivo de suas atividades é visível e está  presente na vida das pessoas , se manifestando  através de um trabalho comprometido com as grandes causas de interesse público, nas diferentes áreas. Seja por ações individuais, ou através de parcerias com o poder público ou com o setor privado, a URI é hoje referência  como Universidade Comunitária, e foca seus projetos e suas realizações no bem estar de sua gente”. 
Um prefeito que cresceu na URI- “Tenho o maior orgulho em ter estudado na URI, me formado em Ciências Contábeis. Foi o que me oportunizou o crescimento profissional. Depois, como professor, ampliei o meu conhecimento sobre a importância da instituição, ampliei o carinho que tenho pela universidade. Hoje, na condição de prefeito vejo a URI com um respeito ainda maior e a tenho como parceira inestimável na construção de uma Santiago melhor”, disse Tiago Gorski Lacerda.
  
A URI: Universidade Regional e multicampi que possui câmpus em Erechim, Frederico Westphalen, Santo Ângelo e Santiago e duas extensões, em São Luiz Gonzaga e Cerro Largo. Foi fundada em 1992, reunindo Fundações de Instituições de Ensino Superior que se unificaram dando origem à Fundação Regional Integrada. Possui como princípios de gestão: ética, corresponsabilidade, qualificação institucional, inovação, desenvolvimento regional, vida e ambiente, gestão democrática, sustentabilidade e internacionalização. 
URI em números:
1.182 docentes
892 técnicos administrativos
1.025 estudantes de pós-graduação
13.630 estudantes de graduação
2.209 estudantes da Escola Básica
16.861 total de estudantes

Organização das Comunitárias- Foi em 1993, que um grupo de instituições comunitárias do Rio Grande do Sul firmou um Protocolo de Ação Conjunta, constituindo o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas – Comung. Ele é integrado por 15 instituições de ensino, sendo o maior sistema de Educação Superior em atuação no Rio Grande do Sul. 
Diferenças- Universidades concentram três eixos de atividades acadêmicas: ensino, pesquisa e extensão. Devem ter, no mínimo, um terço do seu corpo docente de mestres e doutores. Oferecem, pelo menos, quatro programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), pelo menos um desses programas deve ser de doutorado. As faculdades são instituições de ensino superior  públicas ou privadas focadas em determinadas áreas do conhecimento. A maioria das faculdades oferece uma quantidade menor de cursos quando comparadas a universidades e centros universitários. 
 Fonte: URI Santiago.


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Julio Ruivo segue espalhando sua experiência pela região

Ex-prefeito Julio Ruivo palestrando em Itaqui. Foto: Arquivo Pessoal.
O ex-prefeito Julio Ruivo acabou o mandato, mas o trabalho não para. Na tarde de ontem, Ruivo esteve no município de Itaqui, onde, à convite do Prefeito Jarbas Martini palestrou aos secretários municipais e demais cargos de confiança, levando um pouco de sua experiência na vida pública, quase 30 anos e principalmente pela sua gestão exemplar nos últimos 8 anos em Santiago. 

Há poucos dias o ex-prefeito visitou novos prefeitos de Quevedos, Dilermando de Aguiar, Jari, Toropi, São Pedro e Mata, levando orientações técnicas sobre projetos e recursos.
Julio Ruivo sendo entrevistado na NET Santa Maria pelo delegado Marcelo Arigony. Foto: Arquivo Pessoal.
Também, há poucos dias Ruivo esteve concedendo entrevista em Santa Maria, no Programa Conexão da NET Santa Maria, apresentado pelo delegado Marcelo Arigony. 

Sartori vem à Santiago no fim do mês

Sartori virá à Santiago inaugurar obras da CORSAN. Foto: novapauta.com
Antes do final do mês o Governador José Ivo Sartori virá à Santiago, provavelmente no dia 27 de janeiro.

O Governador deverá vir à cidade para inaugurar a nova ETA (Estação de Tratamento de Água) que está pronta, junto às caixas d'água da CORSAN no bairro Vila Nova. 

A obra é uma reivindicação histórica da comunidade santiaguense, muito cobrada pelas autoridades e que há bastante vinha sendo construída. A nova ETA em funcionamento junto com a nova adutora que traz água da barragem vai resolver definitivamente os problemas com o abastecimento de água na cidade é o que garante a CORSAN.